"Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”. Paulo Freire

domingo, 8 de junho de 2008

Pequenas atitudes

Você já deve estar cansado de ouvir que precisa mudar suas atitudes para salvar o planeta, certo?
Mas é quase impossível, de uma hora para outra, adotar a cartilha dos ecologicamente corretos. Ainda assim, precisamos nos esforçar, pois segundo o especialista em economia do meio ambiente Mário Monzoni, do Centro de Estudos em Sustentabilidade, da Fundação Getúlio Vargas, nossas atitudes cotidianas causam sérios impactos no meio ambiente.
"Precisamos mudar os valores e a maneira como nos comportamos, para ajudar o planeta a se recuperar".
Estamos na Semana Mundial do Meio Ambiente, que tal começarmos a mudar certos hábitos diários?
Dentro de casa sem perceber, causamos inúmeros prejuízos ao meio ambiente. Esbanjamos luz, água, combustível.
Então, que tal mudarmos aos poucos ?
Você vai ver que tornar-se uma pessoa ecologicamente correta pode ser muito mais fácil quando damos um passo de cada vez.

JANEIRO - Vá a pé, sempre que puder, ao trabalho, padaria, visitar um amigoAposente o carro e outros meios de transporte sempre que possível. Um dos gases responsáveis pelo efeito estufa é o dióxido de carbono (CO2), e a maior parte dele vem da queima de combustíveis. Ao andar a pé ou de bicicleta, você ajuda a reduzir as concentrações desse gás e faz o planeta ficar menos poluído.

FEVEREIRO - Troque as lâmpadas da sua casa.Substitua aquelas lâmpadas incandescentes (geralmente amarelas) pelas fluorescentes (as brancas). Apesar de serem um pouco mais caras, elas duram até dez vezes mais, são mais eficientes e economizam até um terço de energia elétrica. Outra atitude para reduzir o gasto com energia é aproveitar ao máximo a luz do sol.

MARÇO - Separe o lixo para reciclagemEssa dica é batida, mas é sempre bom voltar ao assunto. Passe a separar o lixo na sua casa em seco e molhado. Isso é fundamental, porque um copo sujo de cafezinho pode inutilizar quilos de papel reciclável. No lixo seco vão papéis, vidros, plásticos, metais. No molhado ficam os restos de comida.

ABRIL - Faça um trabalho voluntárioQue tal participar de uma ONG que ajuda a salvar o planeta? Além de contribuir com o meio ambiente, a sensação de tornar o mundo melhor funciona como um antídoto contra a falta de confiança. Não faltam áreas para atuar: defesa de rios, plantas e bichos, combate ao desperdício e à poluição nas cidades. Verifique se em sua cidade ou região existe uma entidade para esta finalidade e veja como ajudá-la.

MAIO - Só gaste o necessárioVocê já parou para pensar que a maneira como gasta seu salário tem um impacto na sustentabilidade do planeta? Pode parecer exagero, mas não é. O consumo excessivo é um dos grandes vilões da degradação ambiental. E você pode influenciar a responsabilidade ambiental das empresas. Sempre prefira produtos de quem respeita o meio ambiente. E evite o desperdício: use ao máximo o que você compra.

JUNHO - Plante uma árvoreQue tal aproveitar as férias para dar uma cara nova ao seu quintal ou àquela praça sem vida da vizinhança? Você pode até achar que não, mas essa pequena atitude tem um efeito muito grande para o meio ambiente. Uma única árvore pode absorver até uma tonelada de CO2 durante sua vida, o que contribui muito para a proteção do meio ambiente. E plantá-la nem dá tanto trabalho assim!

JULHO - Use sacolas de panoCada família brasileira usa, em média, 66 sacolas plásticas de supermercado por mês. E o pior: como essas sacolinhas são feitas de um plástico muito fino, elas não podem ser recicladas junto com outros plásticos. Para evitar toda a poluição que essas vilãs causam, o ideal é trocá-las por alternativas ecologicamente corretas. Leve sua própria sacola ao mercado, de preferência de pano. Fique ligado ! A partir de 01 de julho de 2008, realizando suas compras nos supermercados Cotrijal você ganhará uma sacola ecológica.

AGOSTO - Incentive seus filhosO bom exemplo começa em casa. As crianças devem ser educadas para construir um mundo saudável e recuperar os estragos. O papel das mães nesse processo é fundamental. Incentive seu filho a entrar em contato com a natureza. Leve-o para participar de um grupo de escoteiros ou cuidar das plantas do quintal. Ou plante uma horta em casa e estimule os pequenos a cuidar dela.

SETEMBRO - Aprenda a "se desligar"Adquira o ótimo hábito de tirar os aparelhos eletrônicos da tomada quando eles não estiverem sendo usados. Cerca de 5% da energia usada em residências é consumida para manter os aparelhos em stand by, ou seja, modo de espera. Isso vale inclusive para carregadores de celular e baterias, que gastam energia mesmo que não estejam conectados a nenhum aparelho.

OUTUBRO - Reaproveite a água da chuvaCapte em um galão a água da chuva e depois use-a para regar o jardim, lavar as calçadas, o carro e desta forma economize água potável.

NOVEMBRO - Preste atenção nas embalagensQuando for ao supermercado, preste atenção nas embalagens. Alguns selos estampados nos produtos indicam que o fabricante é correto no que faz. Vale a pena gastar mais tempo e checar, por exemplo, se as compras trazem o Selo Verde, do Conselho Nacional de Defesa Ambiental, que é dado a produtos que não causam danos à natureza.

DEZEMBRO -Doe aquilo que você não quer maisVocê costuma fazer aquela faxina de final de ano e jogar um monte de coisas no lixo? Pode parar! Muito daquilo que não tem mais serventia para você pode ser útil para outras pessoas. Por isso, aprenda a doar. Doe roupas, calçados, brinquedos. Até mesmo aquela pilha de papéis pode ser doada para instituições. Com isso, você ajuda a evitar o desperdício.

Essas simples ações implicam em meras modificações em nossos hábitos pessoais, que repetidos diariamente, tem um impacto muito grande ao longo do tempo.
Recebi este texto por email, não sei o seu autor.

Nenhum comentário: