"Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”. Paulo Freire

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Soneto da Separação

Navegando encontrei esta interpretação livre do  poema, "Soneto da Separação" de Vinícius de Moraes, para a Língua Brasileira de Sinais, feita por Rogério G. Santos.



L I N D O ! ! !


Nenhum comentário: