"Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”. Paulo Freire

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Dez livros de limerique

http://educarparacrescer.abril.com.br/leitura/dez-livros-limerique-738979.shtml
Postagem original




 Diversão garantida é ler um limerique, tipo de poesia curta e que descreve uma situação absurda. Em apenas cinco versos, os autores deste estilo poético conseguem levar o leitor a imaginar como seria se tal situação se desse na vida real, proporcionando muita descontração. Listamos dez livros para quem quiser conhecer melhor essa poesia. 




Para ler, clique nos itens abaixo:

1. Um Livro de Nonsense
Autor: Edward Lear (tradução de Vinícius Alves)
Editora Bernúncia

A obra de Edward Lear, cujo título original é A Book of Nonsenseand nonsense songs foi finalmente traduzida para o português e traz limeriques ilustrados pelo próprio autor inglês. Vinícius Alves converte expressões tipicamente inglesas da era vitoriana para um português brasileiro contemporâneo.
 
 
2. Limeriques de um bípede apaixonado
Autora: Tatiana Belinky
Editora 34

Uma menina que só gosta de bichos. Um menino que é apaixonado por essa menina. Só lhe resta mesmo sonhar em ser peixe, macaco ou dromedário, para assim chamar a atenção de sua amada. Tatiana Belinky conta as aventuras deste bípede apaixonado.
 
 
3. Limeriques das coisas boas
Autora: Tatiana Belinky
Editora Formato

Perita na criação de limeriques, Tatiana Belinky dessa vez utilizou a fórmula para falar das coisas boas da vida: amigos, amor, natureza, frutas e comidas gostosas, brinquedos… enfim, todas as coisas que fazem da vida uma festa.
 
 
4. Limeriques para pintura - Romeu Britto
Autor: Zaé Júnior
Editora: Noovha América

Zaé Júnior inspirou-se no colorido e nas formas dos quadros de Romero Britto para criar os textos que descrevem com inteligência e cumplicidade os traços do pintor.
 
 
5. Limeriques para pintura - Gustavo Rosa
Autor: Elias José
Editora: Noovha América

O bom-humor dos quadros de Gustavo Rosa é o mote para Elias José criar textos divertidos, criando uma boa oportunidade para se conhecer e discutir a obra do pintor.
 
 
6. Marmeliques da Praia-Louca
Autora: Viviane Veiga Távora
Editora: Bicho que Lê

Nesta praia maluca, há ondas de areia, surfista-sereia e até tubarão usa touca! Os versos contam com ilustrações de Walter Moreira.
 
 
7. Batuques e limeriques
Autores: Clô Paoliello e Marcelo Dolabela
Editora Paulinas

Com estrofes leves e engraçadas e ricas ilustrações, a obra amarra em num mesmo nó regiões, Estados, pessoas, profissões, ritmos e instrumentos musicais. É um convite a uma viagem fascinante ao diferente, a trocas culturais que marcam a imensa diversidade e riqueza cultural do Brasil.
 
 
8. Limeriques da Coroa Implicante
Autora: Elisabeth Teixeira
Editora Paulinas

Os limeriques versam sobre uma senhora que, à primeira vista, pode parecer exigente e intolerante. Mas todas as suas implicâncias, além de engraçadas, têm boas justificativas: suas críticas são um apelo ao seguimento de algumas regrinhas básicas de comportamento como não baforar fumaça de cigarro.
 
 
9. Lé com Cré
Autor: José Paulo Paes
Editora Ática

Adivinhas, limeriques, histórias divertidas e poemas carinhosos compõem este livro, indicado para aqueles que já podem ler bem sozinhos. Prêmio Odilo Costa Filho de melhor livro de poesia para criança, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.
 
 
10. Criança Poeta - Quadras, Cordéis e Limeriques
Autor: César Obeid
Editora do Brasil

Por meio de quadras, cordéis e limeriques, esta obra apresenta situações variadas, como a escolha de um nome, a tia que vai ao cinema com o namorado, a saudade de um amor que está longe e as brincadeiras entre pai e filho, entre tantas outras com as quais o pequeno leitor, vai se identificar. Ilustrado por três diferentes profissionais, o livro é um convite ao mundo mágico das rimas.

Nenhum comentário: